Dicas

22 de Junho de 2021

7 dicas para aumentar a sua produtividade nos estudos de inglês

Criar tempo onde não existe é impossível, mas você pode otimizar o seus estudos com essas dicas

Você sente dificuldade para manter o foco e ser produtivo com as aulas de inglês online? Ou simplesmente parece que o seu dia não rende e que precisa de mais horas para dar conta de tudo?

O sonho de todo mundo é conseguir ser o mais produtivo possível no menor tempo possível. 

Por isso, nós vamos direto ao ponto. Ao invés de criar tempo onde simplesmente não há, existem algumas dicas que você pode utilizar para ter um bom rendimento enquanto estuda inglês (com o tempo que você já tem). Confira:
 

1. Tenha um local adequado para estudar


O primeiro passo é separar seus espaços de estudo e de lazer para evitar distrações. Se for possível, estude fora do seu quarto. A tendência é que você queira tirar uma sonequinha durante os estudos.

Sua área ideal de estudo deve ser tranquila, organizada, livre de distrações e confortável. Experimente em diferentes locais e vá em busca do que funciona melhor para você.
 

2. Trace objetivos e metas


Nada pode fazer com que você afaste as distrações e se aplique mais do que um "ponto de chegada". É fundamental que você tenha bem claro qual é o seu objetivo ao estudar inglês, o que te motiva a alcançar a fluência e, principalmente, quais são as suas metas para chegar lá.

Não exija demais de si. Se você quer ser fluente em inglês em um ano, não estipule como meta aprender toda a gramática em um mês. Além de se sentir sobrecarregado, você vai acabar se frustrando por não conseguir cumprir sua meta.

Se você quiser saber mais sobre como definir objetivos para os seus estudos, confira esse outro conteúdo do blog.
 

3. Planeje a sua rotina


O ideal é que você planeje a sua semana, pensando os dias individualmente. Para isso, você pode usar até um calendário. Você vai começar a ver onde tem brechas na sua rotina e quais delas servem para se dedicar aos estudos.

Assim, você não precisa cancelar ou reorganizar a sua agenda e facilita a identificação do seu tempo livre. Ah, não esqueça de planejar os seus intervalos e horários de descanso também, viu?

Aprender inglês: Como criar um bom plano de estudos
 

4. Faça intervalos regularmente


Pausas durante os estudos aumentam a produtividade. Você não pode trabalhar intensamente para sempre, uma hora precisa descansar para "recarregar as energias". Até um computador precisa ser reiniciado às vezes, né? Imagina então algo tão complexo como o seu cérebro.

O princípio da técnica Pomodoro é que você, de forma cronometrada, tenha um tempo para estudar ou trabalhar e outro para descansar. O criador sugere períodos de 25 minutos de estudo/trabalho e intervalos de 3 a 5 minutos. No intervalo, você deve sair do seu espaço de estudo para descansar.

No entanto, esses tempos de estudo e de intervalo não são regra. Algumas pessoas conseguem manter o foco por 50 minutos e fazer intervalos de 10 minutos, por exemplo. Encontre o que funciona melhor para você. 
 

5. Faça um detox digital


Aparelhos eletrônicos como celular, tablet, televisão, computador, videogame são feitos para te distrair e gastar a sua produtividade. Se você está tendo problemas de concentração, o ideal é evitar esses dispositivos.

Mas a tecnologia nem sempre é a vilã. Pelo contrário, ela pode ser sua aliada na hora de estudar. Além de você poder bloquear sites que te distraem e focar nos úteis, existem muitos aplicativos para te ajudar a ser mais produtivo.

Você pode usar o Forest para aplicar o sistema Pomodoro (e ainda ajudar a plantar árvores no mundo) ou então, apps como o Trello, Asana, Todoist e vários outros para organizar melhor o seu tempo e suas tarefas.
 

6. Mantenha-se saudável


O exercício é uma ótima maneira de aumentar o fluxo sanguíneo para o seu cérebro. Fazer isso pela manhã, por exemplo, vai deixar você se sentindo bem pelo resto do dia. Mesmo que você tenha pouco tempo, você vai compensar com o aumento da produtividade.

Além disso, um estudo americano apontou que uma noite mal dormida resulta em uma perda significativa de produtividade. Além disso, um outro estudo realizado pelas universidades de East London e Westminster indicou que beber água pode melhorar a sua performance em provas e testes.
 

7. Divirta-se!


Estudar não precisa ser um fardo. Permita-se alguns "luxos" enquanto estuda: escute uma boa música, tome um café ou até mesmo se recompense com um chocolate quando atingir uma meta. Claro, certifique-se de que nada disso vai te distrair!

Se você estiver sem paciência para ficar em frente aos livros estudando, que tal assistir a um filme em inglês sem legendas? Pode não parecer, mas também é uma ótima forma de estudar. Nós explicamos mais sobre isso em outro conteúdo do blog.

Você também pode jogar um jogo de videogame ou ler um livro em inglês. Pode parecer contraditório com a nossa sugestão do "detox digital", mas o importante é que você não procrastine e tire o máximo de proveito da atividade que escolher. Estudar não é só sobre fazer lista de exercícios, viu?

Dica extra: durante os seus estudos, faça anotações e resumos. Sublinhar e destacar o texto não é tão efetivo, pois você vai lembrar e processar pouco a partir da leitura. Ler e destacar pode ser mais rápido, mas exige mais leituras depois (o que resulta em tempo perdido).


E aí? Pronto para ser mais produtivo? Com essas dicas, você vai parar de sentir que o tempo está fugindo de você.

Ah, e lembre-se: para ser produtivo, você precisa começar sua sessão de estudos sendo produtivo. Parece que não estamos fazendo muito sentido, mas isso significa que você não deve começar pegando o celular e dando aquela olhadinha nas redes sociais. Estamos combinados?

Agora vai lá colocar essas dicas em prática!

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui